O que é Inflação e Como se Proteger dela

Quando ouvimos falar sobre inflação, no geral estão falando sobre aumento nos preços dos produtos e serviços. Agora você vai me perguntar: “E por que diabos isso acontece?”.

Descubra o que é inflação e por que a Poupança é um péssimo investimento. No final do texto, quero ensinar a você Como se Proteger contra a Inflação!

1

O que causa a Inflação?

 

A inflação pode ser causada por vários motivos, mas vamos fazer algumas analogias simples para entendermos por que temos um aumento nos preços.

 

Exemplo:

 

Vamos supor que João está vendendo camisetas de futebol a um preço de 50 reais. João tem 100 camisetas de futebol e existem 100 pessoas interessadas em comprar a camiseta por esse preço. Logo, João vende todas as camisetas por 100 reais.

Agora vamos supor que por algum problema João só conseguiu 30 camisetas para vender, mas ainda existe 100 pessoas interessadas. O que irá acontecer? Como a demanda por camisetas é maior que a oferta por camisetas, João irá aumentar o preço delas.

Ele não sabe exatamente por quanto irá conseguir o maior lucro, mas sabe que pode subir o preço porque sabe que a demanda por camisetas é maior que a oferta por camisetas. Se ele vender as camisetas por 50 reais, ele estará deixando de ganhar mais dinheiro.

Outra situação que pode acontecer é surgirem mais pessoas interessadas em comprar camisetas de futebol já que a copa está para começar.

Resumindo, quando temos uma demanda maior que a oferta, teremos uma pressão de alta nos preços. Quando temos uma oferta maior que a demanda, existirá uma pressão de queda nos preços.

Também podemos ver de uma ótica diferente: quando tudo fica mais caro quer dizer que o nosso dinheiro está valendo menos.

Entendido ficará mais claro para você entender o que determina o valor do dinheiro.

 

Versão em vídeo da explicação sobre inflação

 

 

Supply and demand chart drawn on a blackboard.

 

Oferta e demanda de Dinheiro

 

O valor do dinheiro, como muitas outras coisas na economia, é determinado pela oferta e pela demanda. Então você vai me perguntar: “Como ofertamos e como demandamos dinheiro?

Vejo muita gente falando que o governo está imprimindo dinheiro, mas você sabe como ele faz isso? O que acontece na prática para o governo imprimir dinheiro? Ele tem uma impressora gigante e joga dinheiro pelas ruas por helicópteros?

No começo eu também tinha essa dúvida, até que em uma aula de macroeconomia eu aprendi como o processo funciona.

O Banco Central determina a quantidade de oferta de moeda na economia. Quando ele vende títulos públicos no mercado, ele entrega o título para pessoa em troca de dinheiro. Dessa forma ele diminui a quantidade de moeda na economia. Quando ele compra títulos públicos, ele entrega dinheiro em troca de títulos e aumenta a quantidade de moeda na economia. Simples, não?

Ele também pode influenciar a quantidade de dinheiro na economia exigindo quantidades maiores e menores de deposito compulsório, mas não vou entrar em muitos detalhes aqui.

“E a demanda por moeda é definida como?”

A demanda por moeda também é afetada por várias variáveis, porém podemos utilizar uma como sendo extremamente importante. Essa variável é o nível de preços da economia.

Cada vez maior o preço de algum produto ou serviço, mais precisaremos de dinheiro para poder usufruir dele. Logo, cada vez maior o preço de algum bem, ou seja, cada vez mais a inflação subir, menos valerá o seu dinheiro e, portanto, você precisará de mais dinheiro para consumir um determinado bem ou serviço.

Vamos ver essa imagem para entender como o processo ocorre na prática:

o que é inflação 1

P é o nível de preços. Então, quando os preços estão altos, o dinheiro vale menos e vice e versa.

A curva de oferta é vertical e representa a oferta de dinheiro na economia. Ela é considerada fixa porque o Banco Central fixa a quantidade de dinheiro na economia.

A curva de demanda é inclinada negativamente, porque, cada vez menos vale o dinheiro, mais as pessoas demandam dinheiro para comprar seus bens e serviços. Cada vez mais vale o dinheiro, menos dinheiro elas precisarão para comprar seus bens e serviços.

O ponto vermelho é o ponto de equilíbrio. Nesse ponto a oferta e demanda de dinheiro são iguais e é nele que o valor do dinheiro e a sua quantidade estão em equilíbrio.

 

3

 

O que acontece na prática?

 

A política monetária (aumento e diminuição da quantidade de moeda por parte do Banco Central) tem como um dos objetivos combater a inflação. Quando a inflação está subindo, uma das medidas para conter essa alta é aumentar a taxa de juros, ou seja, deixar o dinheiro mais caro.

Para fazer isso o Banco Central compra títulos públicos. Comprando esses títulos ele retira dinheiro da economia, o que diminui a oferta de moeda. A diminuição da oferta de moeda deixa o dinheiro mais caro. Este estando mais valioso é exigido em menor quantidade, o que ajuda a frear os níveis de preço da economia.

Vamos ver esse gráfico para ver como isso funciona na prática.

 

o que é inflação 2

 

Observando essa imagem podemos perceber que a IPCA (índice que mede os níveis de preço) tende a oscilar com um certo atraso em relação à SELIC. Isso mostra que demora um tempo para a mudança de juros afetar o nível de preços. No eixo vertical da esquerda estão os valores do IPCA e no eixo vertical da direita estão os valores da SELIC. Ambos estão em valores acumulados de 12 meses.

Podemos perceber que, quando a inflação começa a subir, o Banco central estimula um aumento na taxa de juros com o objetivo de conter a inflação. Quando o IPCA começa a cair, a taxa de juros começa a ser aliviada.

É como se fosse um jogo de equilíbrio.

Imagine você em cima de uma prancha que desequilibra tanto para um lado quanto para o outro. Quando a prancha começa a ir para a esquerda você tem que jogar o seu corpo para a direita. Quando ela vai para a direita você tem que jogar o corpo para a esquerda. O objetivo é ficar em equilíbrio!

 

4

 

Como isso afeta a minha vida?

 

Vamos lembrar da crise do petróleo que ocorreu nos anos 70. Os preços do petróleo dispararam. Então você vai me perguntar: “Tá, eu entendi isso, mas o que isso tem a ver com a minha vida?”.

Se o preço do petróleo sobe, o preço da gasolina também sobe. Com o aumento do preço da gasolina, o preço do transporte sobe. Logo, tudo que é transportado também encarece. E assim uma coisa vai levando a outra.

Outra questão importante é que cada vez maior a inflação menos os seus investimentos vão render. Quer saber por quê?

Pensa comigo, se você investe na poupança, que paga aproximadamente 6,17% + TR (considerando a situação econômica atual), e a inflação acumulada nos últimos 12 meses medida pelo IPCA está em torno de 6,15% (de acordo com os dados do IBGE), o seu dinheiro está se VALORIZANDO MUITO POUCO.

Você está tendo apenas um ganho nominal e não um ganho real considerável!

Por isso a POUPANÇA É UM PESSIMO INVESTIMENTO!

 

5

 

Poupança X Inflação

 

Se observarmos a evolução da variação mensal da inflação contra a variação mensal do rendimento da poupança a partir de 1990, podemos verificar que essa diferença vem diminuindo conforme o gráfico.

Em amarelo podemos observar uma linha de tendência que mostra que a tendência dessa diferença (rendimento da poupança – inflação) vem diminuindo. Podemos perceber também que em alguns meses a inflação foi maior que o rendimento da poupança, por isso em alguns pontos a diferença foi negativa.

 

o que é inflação 3

 

Acho que agora você já entendeu porque a investir na poupança não é um bom negócio, certo?

Então você vai me perguntar: “ok Leonardo eu entendi, você me convenceu. Mas como eu invisto em algum produto de Baixo Risco? Afinal eu tenho medo de investir!”

E como podemos nos proteger contra isso tudo? É isso que vamos ver no próximo tópico.

 

6

Como se proteger contra a Inflação

 

Existem vários investimentos que são melhores que a poupança. No entanto, a minha atenção aqui vai para os Títulos Públicos. Mas por que eles?

Os títulos públicos são investimentos de baixíssimo risco e exigem um capital muito pequeno para começar a investir. Para você ter ideia com 80 reais você já pode começar a investir em Títulos Públicos.

Além disso, existem títulos públicos que tem como papel proteger o investir da inflação. Eles são a NTN-B e NTN-B Principal. Para saber mais informações sobre títulos públicos clique nesse LINK.

Resumindo, a NTN-B e NTN-B Principal pagam para você a inflação (medida pelo IPCA) + uma taxa anual pré-definida no momento da compra do título. Se você comprar uma NTN-B, ela lhe pagará 6% ao ano sobre o Valor nominal atualizado.

Vamos ver como estão as taxas das NTN-Bs hoje.

 

o que é inflação 4

 

Como podemos observar existem títulos que estão pagando a inflação + 5,99% para cima!

Esses títulos, portanto, podem lhe dar segurança contra a inflação, porque eles irão lhe pagar a variação da inflação do período, medida pelo IPCA + uma taxa de juros pré-definida, no caso de 5,99% para a NTN-B Principal 150519.

Outro fato interessante é que o risco dos títulos públicos é considerados extremamente baixo. Tanto que os bancos são os maiores credores do governo. E se o governo der um calote, você já pode imaginar o que aconteceria com a economia, não é verdade?

Enfim, os títulos públicos são uma EXCELENTE alternativa.

Se você quiser saber mais recomendo ver:

 

Resumo

 

  • A inflação é a perda do poder aquisitivo do seu dinheiro.
  • Pode ser gerada por mudanças na oferta e demanda. Eles afetam os preços dos bens e serviços.
  • A Oferta e Demanda de dinheiro determinam o valor do dinheiro na economia.
  • O Banco Central pode ofertar mais ou menos dinheiro utilizando os títulos públicos.
  • Quando tudo fica mais caro, o seu custo de vida também fica mais caro.
  • Isso também afeta os seus investimentos, pois o seu ganho real diminui.
  • A diferença entre rendimento da poupança e inflação vem diminuindo.
  • Os Títulos Públicos são muito interessantes para se proteger contra a inflação. Em especial a NTN-B e a NTN-B Principal.
  • Você pode aprender mais sobre títulos públicos vendo os seguintes artigos:

 

2017-03-04T14:38:00+00:00 Minhas Finanças|12 Comments
  • Luiz Paulo Lago

    Leonardo, sua explicação e didática no texto foi muito boa… Gostei muito e estou lendo muitos artigos do seu site… Gostaria de saber se você utiliza alguma ferramenta para acompanhar(Gerar) esses gráficos como os mostrados nesse texto.
    Obrigado.

    • Boa noite Luiz,

      Fico feliz que você tenha gostado. Faço os gráficos no excel mesmo.

      Abraço,

      Leonardo Rocha

  • Rosi

    Boa Noite Leonardo,

    Estava fazendo uma pesquisa no GOOGLE, e por acaso encontrei o seu site. Gostei muito dos artigos, a forma como você

    explica é clara e objetiva. Parabéns, continue ajudando as pessoas e com certeza o sucesso será alcançado!

    • Boa noite Rosi,

      Fico realmente feliz que você tenha gostado do site. Ficarei mais feliz ainda em saber que você irá aprender a investir melhor o seu dinheiro.

      Abraço,

      Leonardo Rocha

  • Marcos

    Show! Está e a forma que encontrei de expressar a minha opinião sobre o seu artigo.

    • Legal Marcos! Fico feliz que você tenha gostado!

      Abraço,

      Leonardo Rocha

  • Irene Moraes – casadeirene.com

    Olá Leonardo! Goste muito da matéria. Recentemente escrevi sobre a compra de imóveis e como as pessoas consideram pouco a inflação no momento de comprar. Vou recomendar seu texto. Parabéns!

    • Obrigado Irene. Fico feliz que tenha gostado.

      Abraço

  • Edileusa Vergasta

    Impressionante a sua explicação. agora eu entendi o que é inflação.
    obrigada Leonardo Rocha

  • Márcio

    Bastante didático, Leonardo. Muito tranquilo para qualquer iniciante.
    A propósito, para não gerar dúvidas, sugiro que revise o tópico “O que acontece na prática?”, naquele caso o BACEN vende títulos, em vez de comprá-los. Ou estaria este aluno enganado? Abs.

  • Lauro

    Gostaria de tirar uma dúvida, no seu texto diz que uma medida anti inflacionaria seria a compra de titulos publicos, mas assim ele estaria injetando dinheiro na economia, desvalorizando a moeda. Não deveria ser ao contrario não? Com a venda de titulos publicos, diminui a inflação. Gostaria da sua resposta o mais rapido possivel, Obrigado