O que é LCI? Conheça o Investimento Isento de IR

Nesse artigo você aprenderá o que é uma LCI e um passo a passo para saber quando vale a pena investir nela. Também deixei uma planilha de presente para você saber quando vale a pena investir na LCI!

O que é LCI?

 

LCI significa Letras de Crédito Imobiliário. São títulos de crédito lastrados por créditos imobiliários, garantidos por hipoteca ou por alienação fiduciária da coisa imóvel. Agora você vai me dizer que realmente não entendeu nada!

Para explicar de forma mais simples a LCI é um empréstimo de dinheiro que você faz a uma instituição. Os recursos do empréstimo serão destinados para financiar o setor imobiliário. Logo, quando você empresta dinheiro para uma determinada instituição, ela faz um “contrato” com você firmando quanto irá pagar de juros em um determinado prazo. Isso significa que a LCI é um investimento de Renda Fixa!

 

Tributação

 

A maior vantagem da LCI, ao meu ver, é a isenção de imposto de renda para pessoas físicas. Dessa forma, a LCI pode ser uma alternativa interessante para o seus investimentos de Renda Fixa. Só lembrando que para o CDB, para os Títulos Públicos e para alguns outros tipos de investimento de renda fixa o imposto de renda varia da seguinte forma:

  • 22,5% para aplicações de até 180 dias;
  • 20% para aplicações entre 181 dias e 360 dias;
  • 17,5% para aplicações entre 361 dias e 720 dias;
  • 15% para aplicações superiores a 720 dias.

 

Risco

 

O risco é algo que sempre deve ser pensando antes de você realizar um investimento. Podemos dizer que o risco da LCI é relativamente baixo. Caso “o mundo acabe”, a instituição bancária será a primeira porta que você irá bater para reaver o seu dinheiro. Se a instituição não puder lhe pagar, você conta com a proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) que irá lhe proteger para valores de até R$ 250.000,00. Logo, podemos afirmar que o risco é baixo e semelhante ao do CDB.

 

Aplicação Mínima

 

Como você já deve estar se dando conta o cobertor sempre é curto. Se queremos cobrir a cabeça descobrimos os pés e vice e versa. Uma prova disso é que a LCI, por possuir vantagens como a isenção do imposto de renda, requer um valor maior para aplicação mínima. Na Caixa Econômica Federal, por exemplo, a aplicação mínima é de R$ 50.000,00.

 

Prazos

 

Outro fato que você deve cuidar para investir na LCI é que ela possui um prazo mínimo para resgate, ao menos na LCI da Caixa, que é de 60 dias. Logo, ela não seria a aplicação mais interessante para um prazo inferior a 60 dias, pois você terá problemas de liquidez (transformar a LCI em dinheiro).

 

Fique Atento!

 

Muitas instituições acabam falando que a LCI paga 107% do CDI. Quando falam isso, estão se referindo ao valor líquido da rentabilidade do CDI, ou seja, o valor descontado do imposto de renda. Então sempre fique atento e calcule para saber se vale a pena ou não.

 

Afinal vale a pena investir na LCI?

 

A resposta é depende. Então você vai me perguntar: Depende do que? Depende de qual percentual do CDI que você consegue na sua aplicação no CDB e qual % do CDI você consegue no investimento em LCI. Você também deve levar em consideração o prazo porque ele acaba influenciando na alíquota do imposto de renda a ser cobrado.

 

Exemplo:

Vou considerar que a taxa do CDI está em 10% ao ano. Se você tem a possibilidade de investir em um CDB que pague 100% do CDI, sua rentabilidade líquida seria de:

  • 7,75% para aplicações feitas até 180 dias.
  • 8,00% para aplicações feitas entre 181 dias e 360 dias.
  • 8,25% para aplicações feitas entre 361 dias e 720 dias.
  • 8,50% para aplicações feitas a mais de 720 dias.

Nesse caso, uma LCI que pague 84% do CDI bruto, seria mais interessante que investir no CDB para prazos inferiores a 721 dias. Mas por que isso?

84% do CDI equivale a 8,4% e 8,4% é maior que 8,25%, 8% e 7,75% que é o que renderia o CDB que você investiu. Agora se você pretende investir para um prazo maior que 720 dias o CDB, nesse caso, seria mais em conta.

 

Como calcular o que vale mais a pena?

 

Para ajudar você a saber o que vale mais a pena criei essa planilha que você pode fazer o download AQUI. Para saber qual o investimento mais atraente siga os passos:

  1. Comece preenchendo a taxa CDI anual. Você pode usar a taxa SELIC, pois ambas tendem a ser muito parecidas.
  2. Preencha qual o percentual do CDI o CDB do seu banco paga para o valor que você deseja investir. O percentual do CDI divulgado na rentabilidade do CDB é a rentabilidade bruta, ou seja, sem levar em consideração o imposto de renda.
  3. Preencha qual percentual do CDI a LCI paga. Nessa hora fique atento! Busque saber a rentabilidade bruta, pois muitos bancos tende a informar a rentabilidade líquida, mesmo que essa varie de acordo com o prazo!
  4. Em seguida basta observar os resultados nos quadros em laranja.

 

LCI

 

Para finalizar

 

  • A LCI é um investimento muito interessante por não haver incidência de imposto de renda para pessoas físicas.
  • Ela possui baixo risco e pode ser uma alternativa para diversificar os investimentos de renda fixa.
  • A aplicação mínima tende a ser mais alta se comparada com outros investimentos mais tradicionais de renda fixa. Na Caixa a aplicação mínima é de R$ 50.000,00.
  • Uma das desvantagens é que ela não é o investimento mais aconselhável para você aplicar o seu dinheiro de emergência, pois possui restrições de liquidez. O prazo mínimo na Caixa é de 60 dias.
  • Lembre-se que você deve saber a taxa bruta que ela rende em relação ao CDI para ver qual investimento é mais atrativo.
  • Use a planilha para comprar os investimentos! Clique AQUI para baixá-la.